segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Dia 1 - O Parto

Como das três vezes anteriores, cheguei à 39ª semana de gravidez com 4 cm de dilatação, colo do útero fininho, mas sem contrações regulares para desencadear o trabalho de parto.

Decidimos (eu e a médica) que era hora do Davi nascer, ainda que com uma ajudazinha...

No domingo dia 20 acordei super feliz e muito tranquila e fui para a maternidade. Por volta das 11 horas minha médica começou a conduzir o trabalho de parto: sorinho de ocitocina para regular e aumentar as contrações, descolamento e por fim o rompimento da bolsa.

As contrações com bolsa íntegra são doloridas mas completamente suportáveis, como uma cólica menstrual forte; já as contrações com bolsa rota são praticamente insuportáveis...

Para minha sorte, na segunda contração doloridíssima senti vontade de fazer força e disse para a médica:

- Doutora, pode me levar pra sala de parto porque eu quero fazer força.

Ela me olhou deconfiada, me examinou e disse:

- 7 cm de dilatação!!! Vamos já!!

Depois de mais 4 contrações doloridas e naquele estágio de dor que trocamos facilmente o marido pelo anestesista, já estava com 9 cm de dilatação e, finalmente, o anestesista fez o seu papel.

MÁGICA!! Eu es-ta-va  no Céu!!!

Sentia tudo e não sentia dor...incrível!

Fiz a analgesia de parto que tira a dor mas não a sensibilidade.

Cheguei rapidamente aos 10 cm e, após duas forças compridas o Davi nasceu!

Engraçado, com cada filho tive uma experiência diferente na hora do nascimento.
Com o Pedro, por exemplo, comecei a gritar "UHUUUU!!!" e ri como uma louca, dava gargalhadas mesmo. Estava extremamente agitada e feliz.

Com o Davi foi tão diferente...Quando o vi, imediatamente comecei a chorar e me emocionei demais; o mesmo aconteceu com meu marido. Foi um momento de quietude e devoção. Um momento sagrado mesmo!

Consegui amamentar o Davi assim que ele nasceu...outra coisa maravilhosa!

Enfim, foi tudo perfeito e, claro, tenho que agradecer publicamente o carinho e companheirismo do meu marido, que esteve cada fração de segundo do meu lado me enchendo de amor e carinho e me ajudando (tecnicamente falando, pois fizemos o curso de parto normal para casais) a cada contração. Obrigada, marido!!!

6 comentários:

  1. Oi ti achei no blog de uma amiga minha , adorei seu cantinho e gostaria de segui-la, te convido para que venha conhecer meu blog , e me seguir tbem assim poderás ficar antenada com as minha vida meia maluca
    bjos da lowkita ;*

    ResponderExcluir
  2. ai querida, so hoje que eu vi que o DAvi nasceu!!!!!!!!!!! Milhoes de desculpas... estava acessando super pouco a internet!!!!! Que bom que deu tudo certo!!! Depois nos mostre fotos! bjs

    ResponderExcluir
  3. Que coisa mais linda !!!Até me emocionei, sabe ? Lembrei do meu parto - que claro - foi completamente diferente, mas igualmente emocionante.É uma vivência incrível, inesquecível e difícil de descrever com palavras "normais".
    Novamente renovo meus votos de muita saúde, alegrias e momentos deliciosos para todos os 6 !
    Beijinhos no dedãozinho do pé do Davi, Betty

    ResponderExcluir
  4. Que bom que deu tudo certo, que foi rápido e que ele nasceu lindo e saudável! Mas, agora me diz: cadê as fotos? Quero ver esse menininho!

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Nossa Ana, eu estava aqui lendo e fazendo força junto com vc kkkkkkkkkkkkk

    Isso que meu parto foi cesariana, então nem imagino as dores de parto normal, mas que eu fiz força aqui isso eu fiz.

    Muita saúde para o pequeno Davi, agora vou ali em cima comentar na foinho dele.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Ai amiga como você descreve de forma tão bonita o nascimento do Davi, e muito bom você ter criado um blog só para o acompanhamento do 1º ano de Davi, isso é muito importante, assim a gente troca experiências, e realmente ter o companheiro ao lado nesse momento é sagrado e confortante, muitas felicidades a toda sua familia pela vinda de Davi, e que ele tenha uma vida tão significativa quanto seu belo Nome.

    ResponderExcluir